quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Poema

O Outono mostra-se agora
no agasalho imenso do teu corpo
ficando no chão do tempo que passou
as raízes que farão de nós
homens no limiar do sol da vida

O resto é apenas sombra
de algum ponto de partida

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Space Invaders



Lembra-se deste jogo? Então jogue lá uma partidinha...

Teclado a utilizar:
seta da esquerda - para a esquerda
seta da direita - para a direita
tecla de espaço para disparar
P para pausa
Q para desistir
M para tirar o som

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Barba e Bigode

Este é um disco duplo que considero imperdível. Estes senhores peludos são, como terão percebido pela imagem da capa, Warren Ellis e Nick Cave. O disco chama-se White Lunar e é composto por composições escritas por ambos para diversos filmes. Por aqui encontramos momentos sonoros de The Proposition, The English Surgeon, The Assassination of Jesse James by the Coward Robert Ford, entre outros. Muito, muito bom.

domingo, 27 de setembro de 2009

Particularidades


Tenho amigos que gaguejam! E não é por serem bons amigos que vos digo que são óptimos nessa difícil arte de hesitação vocabular. Fazem-no tão bem, com tanto esmero e empenho, que sinto por essa particularidade uma quase reverência. São assim desde há muito, e por vezes, quando estamos todos reunidos em boas horas de conversa (sim, as conversas com eles demoram um pouco mais do que seria previsível) lá vêm as recordações dos tempos em que ambos eram teenagers e iam a consultas que tinham como objectivo a cura dessa mesma gaguez. E quando essas histórias são relembradas, o riso é de tal forma intenso, que acabamos todos em lágrimas. Nessas histórias entram médicos chineses de medicinas alternativas, choques eléctricos e respectivos cabelos em pé (literalmente), agulhas de acupunctura espetadas ao calhas, um imenso rol de delírios a que foram, sem resultado, sujeitos os meus bons amigos. E ainda bem, digo eu. Se assim não fosse, a consciencialização do problema da gaguez teria assumido na minha vida uma importância residual, inexpressiva, nada digna de menção ou registo. Coisa que, como já perceberam, não acontece. É claro que essa particularidade não é vista, pelos amigos que aqui refiro, como algo que lhes agrade. Claro que não. Mas também não me levarão a mal este elogio a um facto que os distingue, com inequívoco estilo, de todos os outros. Um a-a-braço para ambos.

* esta nova etiqueta será, em futuros posts, sempre orientada no sentido de salientar alguns aspectos específicos e definidores de alguns dos meus amigos. E será também, obviamente, uma homenagem à amizade que nos une.

sábado, 26 de setembro de 2009

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Coração Vagabundo


Este é o trailer do documentário de Fernando Grostein Andrade, gravado durante a digressão mundial de A Foreign Sound. Ao que parece, Caetano está "mais louco do que nunca"! E eu estou louco por vê-lo e tê-lo!


quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Bunny boy

Livro novo para Nick Cave.
Agora a escrita substitui os sons:
A Morte de Bunny Munro.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Micah P. Hinson

Parece que é moda, neste quase final de ano! Refiro-me a discos de versões, como os de Joan As Police Woman e o de Beck, por exemplo. Agora é a vez de Micah P. Hinson, há muito adorado cá por casa (ou melhor, por mim, e por culpa do meu amigo e compadre Jorge). Chama-se All Dressed Up And Smelling Of Strangers e apresenta-se em formato duplo: dois discos que serão vendidos separadamente e que têm a uni-los o facto de serem exclusivamente compostos por covers. O que vos posso dizer é que o vou ouvindo há já alguns dias e vou continuar a fazê-lo. O desconcertante intérprete texano está em grande, aproveitando-se de canções dos outros para nos entregar canções que parecem suas. Conteúdo e capa de primeira! A não perder...

* a capa, imagem que abre o post, é mesmo um autêntico achado. Linda e retrô. Aqui, por cima destas linhas, a imagem que lhe serviu de base. O "modelo" é o próprio Micah P. Hinson.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Momento

Bulício de vento ao redor de um tempo
que não conheço nem habito

noite escura como sono a fechar
as pálpebras da hora que não chega

E a certeza imperceptível
que existe e na qual não acredito


domingo, 20 de setembro de 2009

Poema

Um dia destes serei
aquilo que sempre quis

poeira a bailar no tempo
sem nunca criar raiz

sábado, 19 de setembro de 2009

Sobre o fim

Treme ao de leve
a terra sob os meus pés

e há um vazio breve
nesse silêncio depois

como se a terra sentisse
ser cama para nós os dois

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Joan (under) Cover


E eis que me chega aos ouvidos o novo disco de Joan As Police Woman. Explico melhor: não é um trabalho de originais, mas antes um disco onde podemos encontrar 10 covers de artistas tão diferentes entre si, como são os casos de Britney Spears, Adam and The Ants, Public Enemy ou David Bowie. O disco dá pelo nome de Covers e só pode ser comprado nos shows da digressão que Joan iniciou há dias e que, como se sabe, passará por Portugal. A digressão europeia intitula-se Interpretation Domination e nela poderemos ver em palco a minha adorada Joan Wasser e o seu sideman Timo Ellis. A capa é reveladora do conteúdo: Cover é um disco despido de preconceitos e um trabalho de mão cheia!

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Que a noite seja encarnada!


Começa daqui a pouco, e só espero que comece bem.
Lá estarei, também daqui a pouco,
no sítio encantado do costume,

a gritar e a sofrer pelos diabos de Jesus!
Que a noite seja encarnada!

Botão alado


Botão alado no agasalho da lã.

* esta imagem foi retirada do blog Olhar Macro

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Weeds















Agora que já acabei de ver a 5ª temporada de Weeds, sai por cá a 4ª, em dvd. Não percam esta memorável série. Façam esse favor a vocês mesmos e intoxiquem-se com Weeds.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Neva lá fora

Brincávamos com as primeiras neves de Setembro. O frio que vinha do ar era o brinquedo apetecido. Alguém queria que brincássemos no branco quase puro do céu e éramos um pouco mais felizes nesses dias. Hoje, mesmo que as imagens permaneçam no calendário da memória, a neve que vai caindo do outro lado da janela é um filme antigo e sem enredo.

domingo, 13 de setembro de 2009

sábado, 12 de setembro de 2009

??????

Alguém sabe quem são estas seis figuras?

* deixem as vossas respostas nos comentários, please!

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Poema

Os poemas serão sempre abrigos
para os mais fortes
para aqueles que também sofrem
das fraquezas comuns
como acordar cansado
ou andar perdido

Os poemas serão sempre
algum cais apetecido

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

The Beatles are back (once more)

É hoje o dia! As edições do catálogo da banda de Liverpool surgem hoje em Portugal, depois de cuidadosamente remasterizadas. Para muitos fãs é o delírio. Para mim, que não sou propriamente um fã, embora lhes reconheça o mérito (a história da música Pop sem o capítulo The Beatles teria um enredo paupérrimo), é dia de lembrar um grande disco e uma grande canção: Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band e Being For The Benefit Of Mr Kite.



Os alucinogéneos fazem mal à mente, mas bem aos ouvidos!

terça-feira, 8 de setembro de 2009

"faltou o ar, faltou o ar"

Caetano Veloso lembrou, a propósito deste disco e de Tiê, a frase de John Cage: "São Paulo é cheia de flores". Tiê é uma novíssima voz do Brasil. Sweet Jardim é um novíssimo disco também. Caetano Veloso tem razão ao elogiar Tiê. John Cage, mesmo sem saber do contexto em que a sua frase agora é utilizada, também tem. E eu, ouvindo Sweet Jardim, também tenho algo a dizer. E digo: há flores de cidades de pedra que são da natureza dos sonhos.



Já faz um tempo
Que eu queria te escrever um som
Passado o passado,
Acho que eu mesma esqueci o tom
Mas sinto que
Eu te devo sempre alguma explicação.
Parece inaceitável a minha decisão.
Eu sei.
Da primeira vez,
Quem sugeriu,
Eu sei, eu sei, fui eu.

Da segunda
Quem fingiu que não estava ali,
Também fui eu.
Mas em toda a história,
É nossa obrigação saber seguir em frente,
Seja lá qual direcção.
Eu sei.

Tanta afinidade assim, eu sei que só pode ser bom.
Mas se é contrário,
É ruim, pesado
E eu não acho bom.
Eu fico esperando o dia que você
Me aceite como amiga,
Ainda vou te convencer.

Eu sei.

E te peço,
Me perdoa,
Me desculpa que eu não fui sua namorada,
Pois fiquei atordoada,
Faltou o ar,
Faltou o ar.

Me despeço dessa história
E concluo: a gente segue a direcção
Que o nosso próprio coração mandar,
E foi pra lá, e foi pra lá.

E te peço,
Me perdoa,
Me desculpa que eu não fui sua namorada,
Pois fiquei atordoada de amor
Faltou o ar,
Faltou o ar.

Me despeço dessa história
E concluo: a gente segue a direcção
Que o nosso próprio coração mandar,
E foi pra lá, e foi pra lá, e foi pra lá.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Cornershop - Judy Sucks a Lemon for Breakfast

E como sempre tem acontecido, o novo disco dos meus adorados Cornershop é fenomenal. Sempre em rotação auditiva nas minhas férias algarvias deste ano (graçãs ao , que mo levou a tempo de poder deliciar-me com ele), Judy Sucks a Lemon for Breakfast é indie-indian-pop-rock-disco-curry-music no seu melhor. É viciante (não é, Nuninho?). Ainda não perdi a esperança de um dia ir vê-los a Inglaterra. Who Fingered rock n' Roll? Ora ouçam...


domingo, 6 de setembro de 2009

Poema

Ainda me lembro de tudo
de como os dias nasciam
e de como
nesse instante
uma pequena morte
atravessava o corpo
ao despertar

Ainda me lembro
desse tempo sem lugar
e da fogueira
que nunca ardia
antes do fogo acabar

sábado, 5 de setembro de 2009

Beck - Velvelt Underground and Nico (record club version)

Uma belíssima ideia. Segundo consta Beck anda a regravar discos que fazem parte da história da (boa) música pop / rock, dando-lhes novas roupagens musicais. O primeiro a sair da mente prodigiosa de Beck foi The Velvet Underground and Nico. Já o ouvi vezes suficientes para o ter em conta como um dos melhores do ano. Somente a faixa Heroin fica muito aquém da original, acelerada desde o início, sem o pico da heroína que a versão dos Velvet mostra, de forma tão coerente. Deixo-vos a capa e o vídeo de Sunday Morning. Arrebatador!



sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Fim de férias III

Fomos, uma vez mais, à Feira Medieval. Silves é um sítio bonito. Há uma certa magia naquela terra. No fim de mais uma noite em que andámos quilómetros, parámos num árabe que já conhecíamos e que vendia espelhos, entre milhares de outras coisas. Não comprei nada, mas roubei-lhe esta imagem: eu, no espelho dele!

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Just paint...

* capa desenhada de Love, Peace & Fuck - Brain Donor

É a nova "loucura" da net, digamos assim. O site Paint My Album foi criado por dois estudantes ingleses e tem apenas isto como ideia: desenhar, no velhíssimo Microsoft Paint do seu PC, a capa de um disco. Depois é só enviar e será publicado. Há por lá capas giríssimas, autênticas obras de arte (e de todos os estilos, eh, eh, eh). Procure e pode ser que encontre por lá a capa do seu disco preferido. Eu arrisquei e desenhei a capa de Love, Peace & Fuck, primeiro e maravilhoso disco repleto de ruído, dos Brain Donor (um side project de Julian Cope).

A capa de Tigermilk, dos Belle and Sebastian (um dos meus discos preferidos e referido em antigos posts deste blog) está aqui, para contemplação.


Fica o desafio: aventurem-se!

À distância

São cisnes brancos
no equilíbrio do rio
ou apenas neve
a preencher o vazio?

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Fim de férias I

Fim de férias! A realidade é dura e chega tão prontamente, mesmo depois de um mês inteiro de Algarve. Um Algarve como há anos não se via: não houve um único dia que não fosse óptimo. Muita praia, muito sol, como eu tanto gosto. Agora, os dias de trabalho que se avizinham serão sempre mais cinzentos, mesmo que cheios de sol. E pronto! Algumas linhas para dizer apenas que estou de volta! E vocês? Por onde andam? Ou andaram?