quarta-feira, 28 de julho de 2010

Férias


O período de férias chegou, finalmente. Serão longas e boas, espero. Como sempre, haverá um ou outro post (3, para ser exacto) até ao regresso do bloguista de serviço, lá para o início de Setembro. Boas férias para todos! E beijos e abraços, conforme os casos.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Poema canção para Bob Dylan não cantar


Estou a fazer um poema
para Bob Dylan não cantar
pois sei que a língua
é um entrave
difícil de ultrapassar...

Como poderia ele cantar
um poema cheio de sons
que não entende
logo ele
cantor-poeta
(nem é bom imaginar...)

Como não canta nem lê
os versos deste poema
vou mesmo assim acreditar
que a canção valeu a pena

domingo, 25 de julho de 2010

Station To Station (Deluxe editions)


"Lord, Lord, my prayer flies like a word on a wing"

* Station to Station vai ter duas edições de luxo, a 20 de Setembro. E eu quero as duas!!!

sábado, 24 de julho de 2010

Regresso a casa!


Ao fim de largas semanas, hoje regresso à minha segunda casa! O meu Benfica apresenta-se aos sócios, e eu lá estarei. É sempre um indizível prazer, este de regressar ao palco mágico da Luz. Para mais, o meu cativo tem novo lugar, e há sempre uma grande expectativa para ver quem são os novos "vizinhos". Acima de tudo, o que mais desejo é que este seja outro ano Glorioso!

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Piano solo


Always a supreme flight and a safe landing!!!
An amazing jazz journey!!!

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Poema

O mistério da sombra
traiçoeira
que se acomoda
inclinando-se
sinistra e súbita
e escondendo
timidamente
a escuridão das suas fontes

A morte é a sombra de todos os horizontes

quarta-feira, 21 de julho de 2010

terça-feira, 20 de julho de 2010

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Poema

Não há palavras que façam jus
ao enigma da beleza

Mentira

Para a beleza haverá sempre palavras
sem enigmas

Só verdades

domingo, 18 de julho de 2010

!!!

Ontem, no post abaixo deste, publiquei o quingentésimo poema neste blog! É um número que a mim próprio me impressiona. Obrigado pela paciência!

sábado, 17 de julho de 2010

Poema

Queria ir bem vestido
pois pode sempre haver festa
onde ela menos se espera

Uma camisinha fresca
de mangas arregaçadas
porque sou fiel ao estilo
mantido desde criança

Umas calças cor de ganga
(por serem dessa matéria)
um pouco ruças nos sítios
onde os joelhos se dobram

Quanto aos pés meias
escuras (que nunca saem de moda)
uns ténis já bem usados
que são sempre os ideais

E para fechar o conjunto
umas boxers bem justinhas
para proteger os genitais

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Poema


Não caminhes sobre a água dos dias
porque é neles que se afogam
os passos que damos

Antes mergulha o corpo
profundamente nas águas que virão
se forem brandas

E repara como a transparência das águas
depende da forma como andas

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Poema

Do outro lado do mar
há alguém que olha para mim

Não fosse esta imensidão
de olhar para o infinito
e eu fecharia os olhos
para te sentir aqui

Tão longe do mesmo olhar
tão perto do mesmo fim

terça-feira, 13 de julho de 2010

Poema

Por entre as palavras
que usamos
ficam sempre outras palavras
por lembrar
embaraçadas noutros tempos
noutras histórias

Lembrá-las é como pentear memórias

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Kilimanjaro

Foi hoje posta à venda esta Box Set de Kilimanjaro, primeiro disco dos meus adorados The Teardrop Explodes, em versão Deluxe, com 3 cds. Um luxo, de facto. Com sleeve notes de Julian Cope, Dave Balfe (ambos elementos da banda) e Mick Houghton (press officcer), tudo sobre o olhar atento do meu amigo Holy McGrail (art work). Já mandei vir a minha!

* a famosa capa das zebras, muito mais bonita do que a comercializada em Portugal, aquando da saída em vinil, no ano de 1980.

domingo, 11 de julho de 2010

Poema

Exponho-me assim
ao sol escaldante das palavras
mais luminosas

Das outras
das que friamente habitam
os lugares de pó e sombra
nada quero

Saiba eu limpar o papel da vida que lhes dou
para as escrever sem vincos
sem arestas
sem as marcas que o poema me deixou

sábado, 10 de julho de 2010

Bowie x 4 (disco, bootleg, filme e revista)

Comecei a gostar de David Bowie muito tardiamente. No entanto, há mais de uma década que não paro de conhecer o Sr. Camaleónico, nas suas mais variadas vertentes artísticas. O post de hoje vem a propósito do disco de Bowie que mais gosto, e sobre o qual já aqui escrevi, intitulado Station To Station. Fica então a sugestão: um bootleg de um concerto de promoção ao álbum, um filme rodado nesse mesmo período, e uma revista cujo tema central é a feitura do disco. Enjoy!


Magnífico bootleg de 17 / 03 / 1976

Filme de Nicolas Roeg, de 1976
e
Revista Uncut de Julho de 2010
sobre o período conturbado da
gravação de Station To Station

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Family Guy

Depois de ter comprado as 7 primeiras séries de uma só vez, só tenho tempo para eles! São mesmo os maiores!

terça-feira, 6 de julho de 2010

segunda-feira, 5 de julho de 2010

domingo, 4 de julho de 2010

Intermitências (da morte)

Um visitante nocturno
apareceu-me nos últimos dias
segredando-me ao ouvido
o que não queria ouvir

Há coisas que não se dizem
a ninguém mesmo a dormir

* pequeníssima homenagem a Saramago